Ela me fez.

Ela me fez esquecer todas as outras. Ela me fez sorrir sozinho ao olhar uma foto, um vídeo, uma mensagem pelo celular. Ela me fez admirá-la como uma jóia rara, uma música estupidamente triste, porém, com a mais bela melodia. Ela me fez esquecer os problemas, mas também ocasionou minhas maiores preocupações. Ela me fez amá-la mesmo sem dizer uma única palavra. Ela me fez sorrir com a menor das lembranças, ela me fez declarar-me publicamente, mesmo sendo o maior dos tímidos. Ela me fez dançar, logo eu, que não sei nem “dois pra cá e dois pra lá”. Ela me fez completo. Sim, ela me fez.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: