O despertar

Amanhece o dia, no horizonte o sol começa a surgir, imponente, grandioso, estupendo. Os primeiros raios de luz atingem com extrema rapidez tudo que pode ser visto a olho nu. A névoa do inverno gelado começa a se dissipar, abrindo caminho para uma manhã digna da mais bela fotografia, daquelas que fazem as pessoas sorrirem, como se fosse um momento particular, exclusivo. Para completar a cena perfeita, os pássaros cantam, juntando-se ao som das batidas do coração, até então o único som que se juntava ao silêncio absoluto. Aos poucos é possível ouvir mais bichos, mais sons, é a natureza despertando completamente, com todas as suas formas de vida, com muitas cores e sabores. Perfeita.

Em poucos minutos, antes de o caos tomar conta de todo o tempo e espaço, amanheceu calmamente, surgiu mais uma oportunidade para um ser um bom dia, despertaram-se as mais puras e simples vontades. Nesse momento basta a cada um decidir se a beleza deste despertar prolongar-se-á até o anoitecer, para que o novo despertar seja ainda mais belo que no dia anterior.

Anúncios

Um comentário em “O despertar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s