Quando a criatividade se tornou um clichê?

Esse assunto começou a partir de um post que escrevi hoje no Twitter que dizia: “Todo publicitário deveria ter aula de criatividade. Principalmente os que no futuro vão trabalhar com cerveja e margarina”. Um rapaz que eu não conheço e que nem me seguia respondeu. Resumindo, resolvi escrever sobre o tema aqui.

Não é de hoje que podemos notar propagandas de cervejas ou de margarinas muito parecidas, mesmo se tratando de marcas diferentes. Chega a ser absurda a forma com que esses anunciantes abordam seus próprios produtos, e também seus próprios clientes. No meu ponto de vista as propagandas buscam representar seus consumidores, nada mais. Porém, a criatividade ficou em segundo plano há um bom tempo.

Pensando rapidamente, me vem a cabeça um exemplo de propaganda de cerveja que foi diferente e bacana, aquela da Skol em que os amigos saltam do avião sem paraquedas por causa da caixa de cerveja que caiu. Essa foi uma idéia simples, porém, diferente, e que se destacou justamente por isso. Digamos que não foi uma idéia primorosa, merecedora de prêmio, como geralmente são os comerciais da Budweiser nos Estados Unidos. Opa, olha aí mais um exemplo de que dá pra ser criativo falando sempre do mesmo produto.

Infelizmente a criatividade se tornou um clichê e, assim como o termo, hoje tornou-se algo ligado a coisas ruins.

BM

Etiquetado , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: