O beijo

Divagar por caminhos obscuros nunca foi um problema se comparado ao sofrimento causado pela dor no coração. A poucos centímetros dos seus lábios eu nada podia fazer. Me admiras não quereres o mesmo que eu sempre quis. Um beijo.

Você me olhava com certa frieza mas eu podia sentir o acelerar do seu coração quando eu lhe dirigia a palavra. Não tens como negar o amor. Deixe-me amá-la como sempre sonhei e prometo que não se arrependerá.

Negar me um beijo me faz apenas ter vontade de beijar te mais, e sei que quando nos beijarmos não teremos arrependimentos. Você também sabe. Não consigo parar de imaginar tal momento. O beijo.

Anúncios

4 comentários em “O beijo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s