O livro da capa vermelha

Eu tinha apenas cinco anos, fazia parte de uma família tradicional da Inglaterra, morávamos em uma casa enorme, meus pais, irmãos e avós. Adorava brincar com os cachorros, correr atrás deles ajudava a enfrentar o frio europeu.

Meu avô era um contador nato de histórias, ou seriam estórias? Me lembro quando ele nos contou, na mesa do jantar, do dia em que recebera da rainha Elizabeth um presente, um livro de capa vermelha. Ele, na época, era um soldado real, um dos responsáveis por guardar o rei e a rainha.

Perguntei, curioso, sobre o que era o livro. Ele me disse que nunca havia lido, que estava esperando o momento certo. Me espantei com a falta de curiosidade dele e o questionei. – Onde está o livro? – Ele me respondeu. – Em um local seguro.

Intrigado, não conseguia parar de pensar no tal livro, me espantava a falta de curiosidade do meu avô e o tamanho da minha. Precisava saber o que tinha escrito ali. Minha mãe, filha do meu avô, me chamou a atenção, disse para eu respeitar o desejo do meu avô e para ir brincar com os cães. Obediente, fui.

Algumas semanas depois ainda pensava no livro da capa vermelha e resolvi procurá-lo. Sem sucesso. Até que meu avô adoeceu, não conseguia levantar-se da cama e estava com a voz fraca, quase não se fazia ouvir.

Em uma noite qualquer, a família estava reunida orando pelo meu avô quando escutei me chamarem. Era minha mãe, pedindo para que eu subisse ao quarto, meu avô queria me ver. Para minha surpresa, ao entrar no quarto ele estava com o livro na mão.

Quase não podia ouvi-lo, mas entendi perfeitamente quando ele sussurrou: – Pegue, meu neto. Este é o livro que ganhei da rainha. – Meus olhos brilhavam e eu mal podia esperar para começar a lê-lo. Foi então que meu avô me fez um pedido. – Meu neto, quando sentir saudades de alguém, leia este livro.

Dois dias depois meu avô faleceu e eu comecei a ler o livro, eram poesias lindas, como os mais belos campos. Até hoje, quando sinto saudades de alguém, faço o que meu avô recomendou, leio o livro da capa vermelha.

Etiquetado , , , , , ,

2 pensamentos sobre “O livro da capa vermelha

  1. Thais Sicchieri disse:

    Bonito… de onde tirou? Ou escreveu?
    Bjos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: