Saudades

Saudades, palavra que só existe no nosso idioma e que é quase um sentimento inexplicável, na verdade ele pode ser explicado, mas não se pode medir o “tamanho” da saudade que sentimos de determinadas pessoas, coisas, momentos…

Sinto saudades da infância, de jogar bola na rua, brincar de carrinho com meus irmãos, soltar pipa, chegar da escola na hora do almoço e ficar com preguiça de fazer a lição de casa, de me atrasar para ir ao curso de inglês, de ter a tarde livre pra dormir, saudades do ócio permitido.

Tenho muitas saudades também das pessoas que já se foram, dos meus avós, dos amigos da primeira série, da professora, das lições que pareciam tão difíceis e que hoje seriam as que eu faria com o maior prazer, saudades da minha primeira cachorra, das primeiras aulas de bateria em 1998, da primeira vez que escutei Queen, Iron Maiden e Helloween, dos primeiros shows com a minha banda, de ter férias duas vezes por ano, de ficar até de madrugada jogando computador com os meus irmãos, saudades das viagens, saudades de você…

Hoje em dia temos tantas atribuições e compromissos que não da tempo de sentir saudades, estamos deixando a vida passar e isso é grave, quase um crime. Acho que deveríamos refletir sobre como vivemos e o que fazemos no nosso dia a dia, isso sim deveria ser uma obrigação, talvez se fizéssemos isso com mais freqüência voltaríamos a sentir saudades, saudades do que estamos vivendo hoje.

BM

Etiquetado , , , , , , , ,

9 pensamentos sobre “Saudades

  1. Se eu te falar que ia escrever um post com esse mesmo título e tema você acredita?! =O
    Sabe do que eu mais sinto saudades?!
    De mim mesma…
    Nós mudamos tanto ao longo do tempo, o que é natural e necessário… Mas às vezes, sinto falta de como eu era, de quem eu era… A essência continua a mesma é claro, mas tantas coisas foram embora, a inocência, a pureza, a tranquilidade… Isso me faz tanta falta, me faz querer voltar no tempo…

    • Bruno Mansano disse:

      Rafa, você tem razão, acho que no meu texto eu também quis dizer isso, mas de uma maneira implícita. Sentir saudades pode ser muito bom, ou muito ruim, o que não pode acontecer é a gente deixar de aproveitar a vida, os momentos, e depois não ter motivos pra sentir saudades. Obrigado pela visita e comentário, sem dúvida você é a leitora mais assídua do meu blog. =)
      Beijos

  2. Harada disse:

    Sinto saudade de uma coisa tão simples… minha cama… Sinto saudade do meu quarto. Sinto saudade de dormir direito, de sonhar direito, de curtir o meu espaço. Sinto saudade da parede de casa. Sinto saudade de dormir com o abajur ligado, a janela aberta mesmo no frio. Sinto saudade de ver o crucifixo pendurado mesmo não sendo nada religioso. Sinto saudade de comer um japanese food com os Mansanos, um encontro com os Cosentinos, um Joakin´s com meus parentes. Sinto saudade dos diversos amigos que não conheci nos 2 meses q eu vivo naquele hospital… Sentir saudade é a única coisa que a gente não deve ser humilde.

    • Bruno Mansano disse:

      Cara, você disse tudo, sentir saudades de coisas simples é o que mais pesa hoje em dia, entendo muito bem o momento que você está passando e entendi melhor ainda o seu comentário, força! Sempre! E já sabe, se precisar de qualquer coisa pode contar comigo. Obrigado pelo comentário. Abração!

  3. Cezar Batistão disse:

    Saudade do tempo que na hora do almoço a gente ficava comentando o horário político em 2002…

    Saudade da época de vagabundo do colégio…

    Saudade sua, mano!

    abraço

  4. É, mano.. vc levantou pontos fantásticos. Parabéns pelo texto! Sinto também todas estas saudades que vc sente. Ao pensar nisso tudo que passou parece até que foi em outra vida, outra realidade, outra velocidade de tempo. Abrir mão de viver é a pior coisa que se pode fazer e, mesmo o ditado “tudo tem seu tempo” sendo batido pra caramba, a gente percebe que ele é verdadeiro.
    Hj realmente não temos tempo pra ter tudo isso por conta da nossa rotina e principalmente de nossas escolhas, mas a reflexão deve ser feita todos os dias e como não podemos voltar ao passado, temos que usar o hoje pra poder viver bem o amanhã. É o que penso todos os dias várias vezes ao dia, mano.

    Abração!

    • Bruno Mansano disse:

      Mano, você disse tudo, precisamos mesmo viver mais o hoje pensando no amanhã. E os momentos que tivemos e que deixam saudades boas nunca serão esquecidos, né? =)
      Abração!

  5. Nathy disse:

    É exatamente o sentimento de hoje, saudade! Acho que precisamos pensar mais nisso, estabelecer prioridades.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: